Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

INSIDE #12: A vocação de Hélder Moutinho “A essência do fado nunca se perde. A Edith Piaf era uma grande fadista” [VÍDEO]

O fadista atua a 9 de maio na Casa da Música, no Porto. Para a BLITZ, filmou uma atuação em exclusivo. Veja aqui 'Garota da Mouraria' e 'Amor Sem Lugar'

“Uma terapia” - é assim que Hélder Moutinho descreve os seus espetáculos ao vivo, sobretudo aqueles em que entre si e o público se estabelece “uma forte ligação e comunicação”. Será assim no próximo dia 9 de maio, na Casa da Música, no Porto, onde o fadista apresentará “Escrito no Destino”, o seu novo espetáculo.

“É uma viagem que vai do meu primeiro disco ao 'Manual do Coração'”, explica à BLITZ, referindo-se ao seu álbum mais recente, editado em 2016. Neste concerto, Hélder Moutinho cantará também os fados tradicionais a que habituou os seus fãs e espera criar uma empatia com quem o escuta. “Não deixa de ser uma terapia para todos nós”.

Especialmente para o INSIDE, o programa de música ao vivo da BLITZ, Hélder Moutinho cantou dois fados, na sua Maria da Mouraria. Veja acima 'Garota da Mouraria' e 'Amor Sem Lugar'.

Sobre aquilo que é ou não fado, o português acredita que “a essência” nunca se perde. “Mesmo quando o fado se casa com outros géneros musicais, isto é místico. A tradição não se perde quando as pessoas são fadistas, quando têm a capacidade de contar histórias. Costumo dizer que a Edith Piaf era uma grande fadista, se cantasse o fado. Tal como o Tom Waits”.

Há uma coisa que sei que sou: fadista”, remata.

Os bilhetes para o concerto de Hélder Moutinho na Casa da Música custam entre 12 euros e 15 euros.