Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Stephen Gately, dos Boyzone, morreu devido a um edema pulmonar

Apesar de terem corrido rumores de que o cantor teria bebido demais e morrido sufocado pelo próprio vómito, a autópsia garante que não foi o consumo de álcool que provocou a sua morte.

Já são conhecidas as causas da morte de Stephen Gately, cantor dos Boyzone falecido no passado sábado: edema pulmonar, ou seja, uma acumulação de líquido nos pulmões, é a conclusão da autópsia realizada hoje.

A informação foi avançada oficialmente num tribunal de Palma, na ilha de Maiorca, onde o cantor faleceu. Apesar de terem corrido rumores de que Gately teria bebido demasiado e sufocado no seu próprio vómito, os exames toxicológicos realizados colocam de lado as influências do álcool na sua morte.

Como os exames confirmam morte por causas naturais, e deixam de lado qualquer outro tipo de suspeitas (suicídio, homicídio ou uso de drogas), o corpo de Gately poderá agora regressar ao Reino Unido.

Recorde-se que Gately se encontrava de férias na sua casa em Palma de Maiorca com o companheiro Andy Cowles e foi encontrado morto no sofá depois de uma saída nocturna.

No Reino Unido, o papel de Stephen Gately na pop e na defesa dos direitos dos homossexuais - aos 23 anos, quando já militava na boysband Boyzone, revelou ser gay - tem sido elogiado por colegas de ofício e por amigos como Elton John.

Os colegas do cantor nos Boyzone foram a Maiorca prestar a sua homenagem a Gately mas já regressaram ao Reino Unido. Os músicos deixaram uma mensagem no site oficial de Gately, agradecendo as muitas mensagens de apoio e pedindo para que a sua privacidade fosse respeitada.