Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Nuno Markl apresenta campanha crowdfunding para filme com Ana Bacalhau, dos Deolinda

O argumentista pede financiamento para fita que propõe estrear vocalista dos Deolinda como atriz, e promete canções originais de Samuel Úria e João Só.

Nuno Markl apresentou hoje um projeto de crowdfunding para um filme de cinema que propõe Ana Bacalhau, voz dos Deolinda, num dos principais papéis, e banda-sonora original de Samuel Úria e João Só. Nas palavras de Markl, a intenção é "fazer fazer uma longa metragem que fale ao público e que seja boa, mas mesmo boa como o caraças (...) e que não recorra a subsídios mas sim à contribuição de particulares que gostem do trabalho dos envolvidos e acreditem que vamos conseguir fazer uma coisa em termos". 100 mil euros é o montante que se pretende angariar e o projeto só será financiado se reunir este valor até 18 de abril. Por Ela, título da longa-metragem, terá um argumento que, nas palavras do humorista, radialista e argumentista "me saiu das entranhas e que é capaz de ser a melhor coisa que escrevi ou escreverei na vida". Trata-se de "uma comédia dramática que fala de amor, amizade, morte, luto, canções pirosas, estradas e cerejas. E do triângulo amoroso mais torto e improvável da História". Markl, que já foi ator em A Bela e O Paparazzo (de António-Pedro Vasconcelos), propõe-se estrear Ana Bacalhau, vocalista dos Deolinda, como atriz. No elenco perfilam-se César Mourão e "um extraordinário ator de teatro que o mundo tem de conhecer chamado Tónan Quito". A chegar a bom porto, o filme deverá ser realizado por "um óptimo jovem realizador chamado Jorge Vaz Gomes, que faz publicidade, videoclips e curtas-metragens". A campanha decorre no site oficial do projeto e o argumentista apela à contribuição "para aquilo que pode vir a ser uma maneira diferente de produzir filmes". Veja aqui a apresentação do projeto e o "teaser" da campanha: