Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Morreu Pete Shelley, vocalista dos Buzzcocks

O músico britânico tinha 63 anos

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

O músico britânico Pete Shelley morreu hoje, na Estónia, onde vivia.

Segundo noticia a BBC, o vocalista dos Buzzcocks terá sido vítima de um ataque cardíaco.

A banda já lançou um comunicado sobre a morte do seu frontman, escrevendo que Pete Shelley foi "um dos dos escritores de canções mais influentes e prolíficos do Reino Unido", bem como um dos fundadores, nos anos 70, "da seminal banda punk Buzzcocks. A música do Pete inspirou gerações de músicos, ao longo de uma carreira que se estendeu durante cinco décadas; quer com a sua banda quer como artista a solo, foi sempre muito respeitado pela indústria da música e pelos fãs em todo o mundo".

Artistas como Tracey Thorn, dos Everything but the Girl, ou Norman Blake, dos Teenage Fanclub, manifestaram já a sua tristeza com a morte do músico nascido em abril de 1955, na região de Manchester.

Foi na cidade de Manchester que Shelley, de verdadeiro nome Peter Campbell McNeish, formou os Buzzcocks com Howard Devoto, em 1976. A banda começou por abrir um espetáculo dos Sex Pistols, de quem era fã.

O maior êxito dos Buzzcocks, 'Ever Fallen in Love (With Someone You Shouldn't've)', está incluído no segundo álbum dos britânicos, "Love Bites", lançado no mesmo ano que o primeiro, "Another Music In A Different Kitchen".

Em 2014 os Buzzcocks, que estiveram separados entre 1981 e 1989, lançaram o seu nono álbum, "The Way". No seu site, os veteranos tinham agendado um concerto para a Holanda, no próximo dia 14, e em Londres, em junho do próximo ano..