Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Sinéad O'Connor

Sinead O'Connor diz que não quer “perder mais tempo com gente branca”

A cantora, que se converteu recentemente ao Islão, diz que os não-muçulmanos são "nojentos"

Sinead O'Connor voltou a causar polémica no Twitter, após ter afirmado não querer "perder mais tempo com gente branca".

As declarações da cantora surgem pouco depois de ter anunciado a sua conversão ao islamismo, tendo igualmente adotado um novo nome, Shuhada Davitt.

"O que estou prestes a dizer é tão racista que nunca acreditei que a minha alma o pudesse sentir, mas não quero perder mais tempo com gente branca (se é esse o termo para descrever não-muçulmanos)", escreveu. "Nem por um momento ou razão que seja. São nojentos".

A irlandesa mostrou-se desafiante, questionando-se se o Twitter iria apagar as suas publicações, "quando permite a gente como o Trump e o [John] Milbank cuspirem o seu lixo satânico sobre o meu país".

"Toda a gente diz que os americanos pobres são vítimas do Trump. Mas contrataram-no. Por isso despeçam-no, ou serão cúmplices", continuou. "O mesmo se passa com o terrorismo islâmico, que é o que o diabo quer e adora".

As publicações de Sinead geraram várias reações por parte dos fãs, que instaram a cantora a procurar ajuda psiquiátrica. Recorde-se que Sinead O' Connor tem um longo historial de problemas de saúde mentais, tendo tentado suicidar-se em 2016.