Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Korn - Campo Pequeno

Rita Carmo

O tempo das “bandas rock a sério” já não volta, diz Jonathan Davis. Korn, Limp Bizkit e Deftones foram as últimas

“Éramos contra as bandas pop. Ninguém vai fazê-lo como nós”

Jonathan Davis, vocalista dos Korn, considera que o tempo das "grandes bandas rock a sério" não voltará.

O músico foi recentemente convidado pelo podcast The Jasta Show, tendo sido questionado sobre se as grandes bandas rock de hoje poderiam ter algum impacto nas mais pequenas, ajudando à visibilidade destas. "Não, não da forma que foi possível antes", afirmou.

"Sempre disse que esta última leva - os Korn, os Limp Bizkit, os Deftones - foi a derradeira para as grandes bandas rock. Esse tempo já lá vai. Ninguém vai fazê-lo como nós", continuou. "Ninguém terá essa experiência. Era [algo] maior que a vida. Éramos contra as bandas pop". Davis refere-se aos anos de ouro do nu-metal, na viragem dos anos 90 para o início da primeira década do século XXI.

"Não quero soar arrogante, mas éramos nós contra a Britney Spears, os Backstreet Boys, e fomos acolhidos pela comunidade hip-hop. Quando tocámos no Apollo, estava lá o Puff Daddy, o Busta Rhymes, a Lil Kim... Trabalhámos com o Dr. Dre, com o Snoop Dogg... Esse cruzamento é algo que nunca tinha visto nem voltarei a ver", completou.