Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Tobias Forge, dos Ghost

Getty Images

Ghost e Bokassa: quem são as bandas que irão abrir o concerto dos Metallica no Estádio do Restelo?

A banda norte-americana regressa a Portugal em 2019

Os Metallica anunciaram esta semana uma nova digressão europeia em torno de "Hardwired... To Self-Destruct", o seu último álbum, que terá início em Portugal.

A banda norte-americana irá atuar no Estádio do Restelo, em Lisboa, no dia 1 de maio do próximo ano.

A acompanhá-los estarão os suecos Ghost, considerados por muitos como uma das melhores bandas de heavy metal da atualidade, e que lançaram disco novo, "Prequelle", este ano.

A banda sueca é liderada por Tobias Forge, que ao longo da carreira tem procurado esconder a sua identidade com recurso a personagens distintas. Depois de se apresentar como "Papa Emeritus", Forge responde agora por "Cardeal Copia".

O concerto marcará o regresso dos Ghost a um país que (também) conhecem bem; estiveram na Sala Tejo da Altice Arena, em abril de 2017, dois anos após terem atuado no Paradise Garage e no Hard Club, no Porto.

A sonoridade da banda está enraizada no heavy metal mais clássico, se bem que neste último disco os Ghost também tenham sido influenciados por bandas fora desse espectro, como os ABBA ou os Boston.

Os noruegueses Bokassa serão porventura mais desconhecidos do público afeto ao metal, mas contam com um fã de peso: Lars Ulrich, baterista dos Metallica, que os descreveu como "a sua nova banda favorita".

Os Bokassa misturam a rapidez e agressividade do punk rock com riffs retirados ao stoner, a fazer lembrar uns Queens of the Stone Age bastante mais acelerados.

A Portugal, país onde nunca atuaram, os Bokassa irão trazer "Divide & Conquer", o seu álbum de estreia, editado em 2017.

Os bilhetes para o espetáculo dos Metallica, com os Ghost e Bokassa, serão disponibilizados ao público em geral a partir da próxima sexta-feira, 28 de setembro.

Os preços desses mesmos bilhetes variam entre os 70 euros e os 125 euros, e têm como bónus o último álbum da banda, em formato físico ou digital.