Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Smashing Pumpkins querem levar o álbum clássico “Mellon Collie & The Infinite Sadness” em digressão

A banda de Billy Corgan já pensa no futuro

O primeiro álbum dos Smashing Pumpkins pós-reunião ainda não foi lançado, mas a banda norte-americana já pensa no futuro.

Em declarações à rádio KROQ, o vocalista e guitarrista Billy Corgan afiançou que os Pumpkins poderiam preparar algo especial em celebração dos 25 anos de "Mellon Collie & The Infinite Sadness", que ocorrerá em 2020.

"Imagina ter um guião, e um punhado de canções que se conjugam com o guião, e uma história", explicou Corgan. "Podíamos tocá-lo com recurso a visuais, como temos feito nesta tour. Ou transformá-lo num musical, num 'Tommy' ou num 'The Wall'".

Para além de "Mellon Collie...", uma digressão em torno de "Machina" e "Machina II", álbuns editados em 2000, também poderá estar na calha. "Temos esperança de poder vir a criar espetáculos baseados nesses discos, assim como o fizemos em relação ao 'Shiny And Oh So Bright'", o seu novo álbum.