Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Kanye West quis produzir o novo álbum de Paul McCartney. McCartney rejeitou diplomaticamente

"Há muita gente que pensa que o Kanye me 'descobriu'", diz o ex-Beatle

Paul McCartney concedeu uma entrevista à revista GQ, na qual fala da sua relação com o rapper Kanye West, com quem colaborou em 'FourFiveSeconds', tema que também contou com Rihanna.

Segundo o ex-Beatle, Kanye ofereceu-se para produzir o seu novo álbum, "Egypt Station", uma oferta que recusou. "Sabia a direção que queria tomar, e sabia que seria muito diferente da do Kanye", explicou.

McCartney falou ainda de declarações de Damon Albarn, que apontam McCartney como "prisioneiro" de Kanye West durante o processo de gravação de 'FourFiveSeconds'. O líder dos Blur afirmou que não consegue ouvir o contributo de McCartney na canção e que tal 'omissão' se deve à opção de West. "Adoro o respeito que alguém como o Damon tem por mim, mas não estou assim tão chateado", disse. "Se quiser seguir por um caminho diferente daquele que normalmente tomo, irei. E se gostar, é-me suficiente". "O melhor é que podem sair daí coisas hilariantes. Por exemplo, há muita gente que pensa que o Kanye me 'descobriu'. Nem estou a gozar", rematou.

McCartney foi ainda questionado sobre se Albarn realmente o aconselhou a não trabalhar com Kanye. "Talvez", respondeu, "mas não me lembro e não lhe teria dado ouvidos. Não ligo ao que as pessoas me dizem".