Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Forum Braga passou a Altice Forum. Thirty Seconds to Mars deram o primeiro concerto na nova sala

Cinco meses depois de ter aberto as portas a 100.000 visitantes e albergado 40 eventos, a segunda maior sala de espetáculos do país foi inaugurada esta terça-feira pelo Presidente da República, dia em que se realizou um concerto dos Thirty Seconds To Mars

Isabel Paulo/Expresso

A Altice Portugal vai pagar €1 milhão para deter o 'naming rights' e ser o parceiro tecnológico do novo Forum Braga, o maior espaço de eventos, concertos, exposições e espetáculos do norte do país. A mudança de nome do equipamento que abriu portas há cinco meses foi formalizada esta segunda-feira com a InvestBraga, entidade gestora do espaço, dia em que foi firmado ainda um acordo de patrocínio oficial para os próximos dois anos com a Sociedade Central de Cervejas e Bebidas, reforçando a “marca Sagres ao contexto da música e espetáculos”.

Para Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga, as vantagens destas parcerias “são uma enorme vantagem”, salientando tratar-se de marcas que ajudarão a “colocar Braga no radar dos grandes eventos nacionais e internacionais, dada a notória ligação ao público jovem adulto e experiência de base tecnológica em espaços multiusos de massas, cimentado no Altice Arena, em Lisboa”.

Embora ainda sem números oficiais de impacto económico da infraestrutura em Braga, Carlos Oliveira afirma que os dados empíricos apontam para “um efeito considerável” na hotelaria e restauração, “incontornável quando a cidade recebe numa noite 10 mil visitantes, muitos dos quais vindos da Galiza, para assistir, como hoje ao concerto dos Thirty Seconds to Mars”, banda norteamericana que irá ainda atuar em Lisboa.

O Forum Braga, a obra de maior vulto da era Ricardo Rio, custou € 9,5 milhões, investimento que o autarca social-democrata refere ser “quase só de fundos municipais”, o que o leva a avisar o Governo que a terceira cidade do país merece mais reconhecimento e apoio. O equipamento gizado pelo arquiteto Pedro Guimarães alberga a segunda maior sala de eventos do país, a seguir ao Altice Arena, em Lisboa, com capacidade até 12 mil pessoas, e o maior auditório da região norte (1450 lugares).

O novo Forum Braga, inaugurado esta terça-feira por Marcelo Rebelo de Sousa, Ricardo Rio e pelo ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, abriu portas em abril último, tendo recebido até ao momento mais de 100.000 visitantes e 40 eventos, entre os quais o Greenfest.

O espaço polivalente vocacionado para o turismo de negócios, grandes concertos, exposições, feiras e congressos internacionais, conta ainda uma galeria de arte contemporânea - o Forum Arte Braga - de exposições temporais e uma zona exterior com capacidade para 20 mil pessoas e 650 lugares de estacionamento.

Até ao final do ano, Braga, uma das mais jovens cidades da Europa, irá ser palco dos concertos Postmodern Jukebox e Harlem Gospel Choir, em novembro, e ainda do concurso Dance World Cup, que trará a Braga 6.500 crianças e jovens bailarinos de 48 países, em 2019. O líder do Conselho de Administração da InvestBraga adianta que a infraestrutura polivalente de última é fundamental para um concelho “motor económico do país”, salientando não ter dúvidas que será um “enorme pólo de atração de públicos de toda a região norte e Galiza, onde residem seis milhões de pessoas”