Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Sacha Baron Cohen enfrenta processo de quase 100 milhões de dólares por causa de partida com ‘detetor de pedófilos’

Veja o vídeo

O político norte-americano Roy Moore anunciou que irá processar Sacha Baron Cohen, após este o ter ridicularizado na série "Who Is America?".

Nesse segmento do programa, Cohen - que interpreta o papel de um ex-agente da Mossad - utiliza um aparelho descrito como um "detetor de pedófilos" em Roy Moore, insinuando que o antigo candidato ao senado é um predador sexual.

A ideia para esta entrevista 'forjada' surgiu das muitas acusações feitas contra Roy Moore durante a sua candidatura ao senado; o republicano foi acusado por três mulheres de as ter abusado sexualmente, sendo que duas delas seriam menores de idade à altura do alegado contacto.

Esta semana, Moore anunciou a sua intenção de processar Sacha Baron Cohen e a rede de canais de televisão Showtime, por "difamação". O político pede uma indemnização no valor de 95 milhões de dólares, cerca de 81 milhões de euros.

O caso pode ficar por aqui, já que antes da "entrevista" Moore assinou um documento que autoriza a divulgação das imagens em questão.