Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Trent Reznor (Nine Inch Nails): “Prefiro não ser um drogado. E gostaria de ter de volta os 10 anos que desperdicei”

O músico abriu o livro em nova entrevista

Trent Reznor, líder dos Nine Inch Nails, falou recentemente à revista Rolling Stone sobre os problemas que teve ao lidar com a fama, nos anos 90, e que o levaram ao abuso de álcool e de drogas.

Segundo o músico, tais vícios foram um mecanismo para suportar essa pressão "até que o deixaram de o ser", ainda que durante o processo de composição do EP "Not The Actual Events" Reznor tenha dito que fantasiava "ser um drogado e incendiar tudo".

"Prefiro não ser um drogado. E gostaria de ter de volta os 10 anos que desperdicei", afirmou. "Uma das coisas boas de tentar ficar limpo é o processo doloroso de auto-análise pelo qual se passa. Nunca teria passado por isso voluntariamente. Mas deu-me algumas ferramentas [para lidar com a pressão], e agora conheço-me melhor".

E continuou: "Hoje em dia, penso mais naquilo que sou e onde me insiro no mundo. Não necessariamente o que sou enquanto 'artista'; é mais o mundo ter-se tornado cada vez menos familiar. Derivado disso, tenho encontrado algum conforto ao pensar nas coisas que me fazem sentir bem e que são nostálgicas".

Trent Reznor falou, ainda, do hipotético impacto que a eleição de Donald Trump teve nos últimos trabalhos dos Nine Inch Nails. "Ele não foi a causa, mas o resultado da condutividade e das redes sociais; quanto mais as pessoas estão ligadas, mais baixo é o nível das discussões", explicou.

O músico deixou também algumas palavras sobre Anthony Bourdain, famoso chef de cozinha e autor que se suicidou em junho. "Nunca o conheci, mas gostava mais do mundo quando ele cá estava. Gostava de saber que ele existia de alguma forma, especialmente em tempos como estes. Culturalmente falando, precisávamos da voz dele", disse.

Recorde-se que Trent Reznor esteve recentemente em Portugal com os Nine Inch Nails, tendo atuado no primeiro dia do festival NOS Alive, juntamente com os Arctic Monkeys e Bryan Ferry, entre outros. Recorde aqui a reportagem do concerto e veja a galeria de fotos:

Trent Reznor e os Nine Inch Nails, autores de um dos grandes concertos do festival
1 / 8

Trent Reznor e os Nine Inch Nails, autores de um dos grandes concertos do festival

Rita Carmo

Nine Inch Nails no NOS Alive'18
2 / 8

Nine Inch Nails no NOS Alive'18

Rita Carmo

Nine Inch Nails no NOS Alive'18
3 / 8

Nine Inch Nails no NOS Alive'18

Rita Carmo

Nine Inch Nails no NOS Alive'18
4 / 8

Nine Inch Nails no NOS Alive'18

Rita Carmo

Nine Inch Nails no NOS Alive'18
5 / 8

Nine Inch Nails no NOS Alive'18

Rita Carmo

Nine Inch Nails no NOS Alive'18
6 / 8

Nine Inch Nails no NOS Alive'18

Rita Carmo

Nine Inch Nails no NOS Alive'18
7 / 8

Nine Inch Nails no NOS Alive'18

Rita Carmo

Nine Inch Nails no NOS Alive'18
8 / 8

Nine Inch Nails no NOS Alive'18

Rita Carmo