Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Discos

Clã - Corrente [leia a crítica da BLITZ]

Ligados a nós.

Corrente Clã Clã Lda./Warner Primeiro álbum da instituição Clã desde 2007, depois do bombom para crianças de Disco Voador (2011), Corrente encontra os Clã a borbulhar de um entusiasmo pouco comum em bandas veteranas. Mais próximo, em "Rompe o Cerco" ou "Outra Vez", da vertente elétrica, eufórica e descaradamente pop de Cintura ou Lustro, o disco oferece, também, notáveis momentos de acalmia: a lânguida "A Ver Se Sim", com letra de Nuno Prata; "Canção de Água Doce", belíssima prosa de Samuel Úria e "Quase um Quasar", oferenda de luxo de Carlos Tê para Hélder Gonçalves, compositor inspirado de todas as músicas. Também Sérgio Godinho, campeão deste Corrente, com três letras, prova a sua ligação umbilical ao universo - inteligente e lúdico, imediato e rico em pormenores que se vão descobrindo a cada audição - dos Clã, uma das grandes bandas que Portugal tem a sorte de ter no ativo e certamente uma das poucas a ter a coragem de cantar - gigante Manuela Azevedo, gigante Regina Guimarães, que escreveu "A Conta de Subtrair" - "estamos todos fodidos e mal pagos", com o sotaque se sabe e se ama.

4/5

Texto: Lia Pereira