Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

Os momentos mais aterrorizadores da cena black metal

Dez momentos que ficaram para a história do subgénero mais negro do heavy metal

O black metal ficou para a história não só como um dos subgéneros mais prolíficos - e influentes - do metal em geral, mas também pelas histórias sórdidas que envolveram muitos dos seus pioneiros, nos anos 90.

A Loudwire olhou para esse lado mais negro, passe o pleonasmo, do black metal e enumerou aqueles que considera serem os momentos mais aterrorizadores do género.

Entre esses momentos estão, claro, os incêndios provocados em igrejas norueguesas, no início dos anos 90, que ficaram para sempre associados ao black metal, tendo sido perpetrados por figuras ligadas ao movimento, como Varg Vikernes (Burzum) ou Samoth (Emperor).

Vikernes é, aliás, o "rosto" da grande maioria dos momentos mais assustadores do black metal; não só pelos incêndios, como também por ter assassinado à faca o guitarrista e fundador dos Mayhem, Euronymous. Durante o julgamento que o condenou a 21 anos de prisão, a pena máxima na Noruega, Varg Vikernes limitou-se a... sorrir.

Entre os momentos escolhidos pela Loudwire estão também outros mais "musicais": um concerto dos Gorgoroth na Polónia, por exemplo (apropriadamente intitulado "missa negra"), ou os vídeos dos Behemoth. E outro que se tornou num dos primeiros grandes vídeos virais da Internet: Gaahl, vocalista dos Gorgoroth e posteriormente dos God Seed, a explicar num documentário que a sua maior influência é... Satanás.

Veja aqui o vídeo: