Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

“Gay is OK”: a revolta dos estudantes da secundária de Vagos

Protesto surgiu depois de duas alunas serem chamadas à direção da escola

Os alunos da Escola Secundária de Vagos, em Aveiro, promoveram um protesto contra a homofobia e o preconceito.

A ação surgiu depois de duas alunas serem chamadas à direção da escola, no início desta semana, sendo alegadamente informadas de que não se podiam beijar em público.

Indignados com esta indicação, numerosos alunos da escola elaboraram um documento com as suas ideias (reprovando a homofobia, o bullying e a discriminação) e organizaram protestos que passaram, também, pela elaboração de cartazes com frases como "Gay Is Okay" e "Love knows no gender".

Estes protestos têm sido amplamente divulgados nas redes sociais.

Após a manifestação, a direção da escola terá afirmado que todos os alunos que participaram no protesto serão alvo de um processo disciplinar, avançou um estudante à SIC Notícias.

O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação sobre esta situação.

Ao Jornal de Notícias, o diretor da escola, Hugo Martinho, garantiu que "não houve qualquer repreensão ou crítica à orientação sexual das alunas: (...) um elemento da direção falou com uma das alunas, num local reservado, pedindo alguma contenção, no sentido de as proteger".