Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

Há 25 anos, o mundo do rock cantava Freddie Mercury. E foi inesquecível

A 20 de abril de 1992, o Estádio de Wembley, em Londres, recebia o concerto de tributo a Freddie Mercury. Organizado pelos próprios Queen, contou com as atuações de nomes como David Bowie, George Michael, Metallica e Elton John. Recorde aqui alguns dos momentos memoráveis

Há 25 anos, Freddie Mercury, o emblemático líder dos Queen foi homenageado num gigante concerto no Estádio de Wembley, em Londres. Organizado pelos restantes membros da banda, o concerto de tributo ao malogrado artista teve lugar a 20 de abril de 1992, menos de cinco meses após o falecimento de Mercury.

Anunciado por Brian May e Roger Taylor em fevereiro de 1992, na cerimónia dos prémios BRIT, o concerto juntou um coletivo memorável de artistas que atuaram a solo ou acompanhados por Brian May, Roger Taylor e John Deacon, a restante formação dos Queen.

Depois de terem sido colocados à venda, os 72 mil bilhetes para o concerto esgotaram em apenas 3 horas, numa altura em que ainda não era conhecido o cartaz. Os fundos angariados reverteram a favor da luta contra a sida, doença que vitimou Mercury a 24 de novembro de 1991, e tornaram possível a constituição do Mercury Phoenix Trust, organização que ainda hoje se encontra em atividade.

Entraram em cena, por esta ordem, Metallica, Extreme, Def Leppard, U2 (via satélite, dos Estados Unidos) e Guns N' Roses, tendo depois os Queen tomado conta das operações, auxiliados por Joe Elliott (Def Leppard), Slash (Guns N' Roses), Toni Iommi (Black Sabbath), Roger Daltrey (The Who), Zucchero, Gary Cherone (Extreme), James Hetfield (Metallica), Robert Plant (Led Zeppelin), Spike Edney, Paul Young, Seal, Lisa Stansfield, David Bowie, Annie Lennox, Mick Ronson (Mott the Hoople), Ian Hunter (Mott the Hoople), George Michael, Elton John, Axl Rose (Guns N' Roses), e Liza Minelli.

Reveja aqui a atuação dos Queen com James Hetfield na voz e Tony Iommi dos Black Sabbath na guitarra, a interpretar "Stone Cold Crazy"

"Crazy Little Thing Called Love", tema presente no álbum The Game (o mesmo de "Another One Bites The Dust") contou com a participação de Robert Plant.

"Under Pressure", single gravado em 1981, em parceria com David Bowie, foi interpretado no concerto por Bowie e Annie Lennox.

Com um coro em palco, "Somebody To Love" ficou a cargo de George Michael e foi recebido de forma extasiante pela plateia

A Elton John coube a tarefa de apresentar temas marcantes como "The Show Must Go On" e "Bohemian Rhapsody", este último na companhia de Axl Rose. Veja aqui:

Quase a fechar o espetáculo, Axl Rose interpretou "We Will Rock You"

Por fim, todos se juntaram em palco para acompanhar Liza Minnelli em "We Are The Champions", numa interpretação partilhada também com a plateia.

O concerto foi transmitido em direto para 76 países, via televisão e rádio, tendo as audiências, no total, atingido valores que se aproximam de 1 bilião.

Mais tarde, o espetáculo foi transformado em VHS e posteriormente em DVD, ainda que não na sua totalidade, devido a limitações temporais e a questões legais.

MD