Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

Getty Images

Adele divide prémio com Beyoncé após discurso emotivo

A cantora britânica venceu Beyoncé em todas as categorias nas quais competiam diretamente

A cerimónia deste ano dos Grammys terminou com uma grande vencedora e uma grande derrotada: Adele e Beyoncé.

A cantora britânica levou para casa cinco prémios, tantos quantos as categorias para as quais estava nomeada, batendo Beyoncé em todas aquelas em que ambas competiam diretamente.

No entanto, se dependesse de Adele, pelo menos o prémio de Melhor Álbum do Ano iria para Beyoncé. Foi a própria quem o pareceu afirmar, no seu discurso de vitória.

Emocionada, Adele disse que "não poderia aceitar [mais] aquele prémio" e que "a artista da [sua] vida é a Beyoncé". "O Lemonade é [um álbum] monumental, bem pensado, belo", disse.

Adele dirigiu-se, ainda, pessoalmente a Beyoncé: "Todos nós, artistas, te adoramos. És a nossa luz. Fazes com que eu, e os meus amigos negros, nos sintamos poderosos. Fazes com que eles se defendam. Adoro-te, sempre adorei, sempre adorarei", acrescentou.

No final, a cantora chegou mesmo a partir o prémio de Melhor Álbum do Ano em dois - atribuindo uma das metades a Beyoncé. Veja aqui o vídeo do seu discurso: