Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

Lembra-se do vídeo de “Runaway Train”, dos Soul Asylum? Saiba o que aconteceu às crianças desaparecidas

O videoclip da banda norte-americana foi um dos mais icónicos dos anos 90 e ajudou algumas crianças e adolescentes a reencontrar as famílias

No início dos anos 90, por entre a explosão grunge e o hard rock dos Guns N' Roses, existiu um videoclip que se tornou particularmente icónico: o de "Runaway Train", porventura a canção mais popular dos norte-americanos Soul Asylum.

O tema permaneceu nos topes de vendas durante quase um ano, e ajudou o sexto álbum da banda, Grave Dancer’s Union, a alcançar a tripla platina. Mas, mesmo que "Runaway Train" já não faça parte de muitas playlists, o seu vídeo ainda resiste ao teste do tempo.

Este era composto por várias imagens de pessoas cujo paradeiro era então desconhecido, e foi inspirado pelo facto de, nos Estados Unidos daquela época, as fotografias de crianças desaparecidas serem impressas em pacotes de leite. No final do mesmo, era incluído um número para o qual os espetadores podiam ligar caso tivessem alguma informação sobre qualquer um daqueles rostos.

Mais de vinte anos depois, a MEL Magazine foi tentar saber o que aconteceu aos retratados. Se é verdade que alguns casos terminaram a bem, com alguns dos jovens a reunir-se novamente com as suas famílias, outros terminaram de forma mais trágica: alguns foram encontrados mortos, outros localizados e forçados a retornar às famílias abusivas das quais tinham fugido.

Recorde aqui o vídeo para "Runaway Train":