Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

Chris Brown detido (e libertado) depois de fazer frente à polícia durante 11 horas

A polícia foi chamada à casa do cantor depois de Chris Brown ter alegadamente apontado uma arma a uma mulher

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Chris Brown foi ontem notícia, depois de a polícia ser chamada a sua casa, em Los Angeles.

O cantor terá ameaçado uma mulher que apareceu em sua casa com uma arma de fogo, situação que levou a polícia de LA a enviar uma equipa SWAT ao local.

No entanto, Chris Brown ofereceu resistência durante 11 horas, recusando-se a sair de casa e a entregar-se às autoridades.

O norte-americano, que em 2009 agrediu Rihanna, então sua namorada, acabou por ser detido e, horas mais tarde, libertado, depois de pagar uma fiança de mais de 200 mil euros.

Chris Brown, que pela agressão a Rihanna foi condenado a uma pena suspensa de cinco anos de prisão e a seis meses de serviço comunitário, terá agora de ir a tribunal, a 20 de setembro.

O seu advogado, Mark Geragos, garante que as novas acusações são falsas e agradece aos fãs do artista pelo seu apoio.

No Instagram, Chris Brown garante ser inocente. "Acordo e tenho uns helicópteros [a sobrevoar a minha casa] e a polícia à porta", diz num vídeo publicado ontem. "Estou cansado de lidar com esta treta. De três em três meses inventam alguma coisa. O que virá a seguir?".

Instagram