Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

M.I.A. acusa MTV de ser “racista, sexista, classista e elitista”

A britânica não ficou satisfeita com o facto de o seu vídeo para “Borders” ter ficado de fora das nomeações dos prémios da MTV

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

M.I.A. publicou uma série de posts nos quais acusa a MTV de ser "racista, sexista, classista e elitista".

Em causa estão as nomeações para Vídeo do Ano, que contemplam vídeos de Adele, Beyoncé, Drake, Justin Bieber e Kanye West, mas não "Borders", o tema de M.I.A. sobre a crise dos refugiados.

Para a britânica de origem cingalesa, este é "um perfeito exemplo de vozes 'permitidas' e vozes excluídas".

De seu verdadeiro nome Mathangi "Maya" Arulpragasam, M.I.A. garante que esta não é uma questão de "ego ou de prémios", mas sim de provar que, fora dos Estados Unidos, os artistas não têm o mesmo acesso às grandes plataformas de divulgação.