Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

Azealia Banks defende decisão de branquear a pele, comparando-a a rinoplastia

A rapper de 25 anos considera que não há diferença entre branquear a pele e fazer uma operação plástica ao nariz

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Azealia Banks comentou a sua decisão de branquear a pele, desvalorizando as críticas de que tem sido alvo.

A rapper norte-americana, que vem acusando cantoras como Miley Cyrus e Iggy Azalea de se apropriarem de elementos da cultura negra, considera que esta decisão não entra em contradição com a defesa que faz dos direitos das mulheres negras.

"Qual é a diferença entre fazer uma operação ao nariz e mudar a cor da pele? Qual é a diferença entre usar extensões de cabelo e mudar a cor da pele? Quando eu usava extensões de 75 centímetros ninguém se chateava, vocês adoravam", disse a artista, recentemente banida do Twitter, num vídeo.

Azealia Banks garante que continua a defender os direitos das mulheres negras, mas que o facto de branquear a pele não é importante: «Apropriação cultural, quem veste o quê, cabelo natural ou desfrisado, branquear ou não branquear, nenhuma de nós vai ser respeitada enquanto não nos derem aquilo que nos devem. E penso que é injusto para esta causa negar todas essas coisas tão importantes, só porque gosto de desfrisar o cabelo ou branquear a minha pele".