Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

AC/DC com Axl Rose: o que esperar do concerto de maio, em Algés

Em Coachella, Axl Rose chamou ao palco “Mr. Angus Young”, pedindo desculpa aos fãs por tocar sentado

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Axl Rose sentado - no trono emprestado por Dave Grohl, dos Foo Fighters - e Angus Young calcorreando o palco com a habitual vivacidade: foi esta a surpresa que os fãs dos Guns N' Roses tiveram no passado fim de semana, em Coachella.

Pouco depois de os AC/DC confirmarem que Axl Rose vai substituir Brian Johnson nos próximos concertos, incluindo em Portugal, os Guns N' Roses protagonizaram um aguardado regresso aos grandes palcos, novamente com Slash e Duff McKagan (antes, haviam dado concertos mais pequenos em Los Angeles e Las Vegas).

Antes de chamar o "amigo" Angus Young, Axl Rose pediu desculpa por estar a cantar sentado - por ter partido um pé - e agradeceu a Dave Grohl pelo empréstimo do trono em que tem atuado.

As canções que Axl cantou com Angus Young em palco foram "Whole Lotta Rosie", do álbum de 1977, Let There Be Rock, e "Riff Raff", de Powerage, de 1978. Ou seja, ambos os temas são da era de Bon Scott, o vocalista que, em 1980, faleceu, sendo substituído por Brian Johnson.

Apesar da polémica - muitos fãs continuam a pedir o dinheiro dos bilhetes de volta - , outros admiradores dos AC/DC acabaram por elogiar a forma como a voz de Axl Rose se adapta à música dos australianos.

Veja aqui a sua colaboração em Coachella: