Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

Foo Fighters garantem que não se vão separar. E fazem um vídeo a gozar com isso

Banda norte-americana respondeu aos rumores dos fãs através de um vídeo publicado ontem à noite

Num vídeo publicado ontem à noite, os Foo Fighters responderam aos rumores de alguns fãs, que davam conta da sua separação eminente.

O vídeo, carregado de humor, mostra Dave Grohl a tentar mostrar aquilo de que é capaz sozinho, ao passo que a banda procura alguém que o possa substituir... Ambos falhando miseravelmente.

No final, os Foo Fighters deixam um recado: "pela milionésima vez: não nos estamos a separar, e ninguém vai seguir carreira a solo!", escrevem.

Na passada terça-feira, os Foo Fighters haviam publicado uma mensagem no Facebook e no Twitter a dar conta de um anúncio oficial da banda na noite seguinte, o que levou inúmeros fãs a especular acerca do futuro da mesma.

Os rumores de que os Foo Fighters iriam separar-se foram, contudo, contrariados por um porta-voz do grupo, que os considerou "completamente ridículos".

Apesar de não existir fim à vista, é possível que a banda faça uma pausa por tempo indeterminado. A notícia de um provável hiato começou por ser avançada ontem à noite pelo website Consequence of Sound, que publicou uma entrevista com Taylor Hawkins, baterista da banda, ao serviço noticioso Artisan News, datada de 16 de janeiro.

Na entrevista ao Artisan News, Taylor Hawkins disse que a banda se encontra em ihateus - um trocadilho com a frase "I hate us" (odeio-nos) e a palavra "hiato". O baterista esclarece, contudo, que esta pausa não advém de quaisquer problemas no seio da banda.

"[Esta pausa] Não acontece porque não gostamos uns dos outros, ou porque não queremos fazer música juntos... Fizemos tanto nos últimos cinco ou seis anos - podíamos entrar no estúdio amanhã e divertirmo-nos como sempre fizemos - mas acho que o mundo precisa de um intervalo", disse.

Esta não seria a primeira vez que os Foo Fighters entravam em hiato; em 2008, a banda anunciou uma pausa nas digressões, tendo voltado à estrada três anos depois - atuaram no (então) Optimus Alive, em 2011 - e com novo disco, Wasting Light.

A última digressão encetada pelos Foo Fighters terminou no ano passado, tendo sido marcada pela queda de Dave Grohl durante um concerto na Suécia, em que partiu uma perna.

O último álbum da banda, Sonic Highways, data de 2014. No ano passado, os Foo Fighters lançaram um novo EP, intitulado St. Cecilia, sendo que Dave Grohl comentou, por altura do seu lançamento, que as canções ali presentes "talvez sejam as migalhas de pão que nos vão ajudar a encontrar o caminho de volta quando for tempo disso. Fazia-nos bem vaguear pela floresta neste momento". Declarações que podem estar relacionadas com um hiato próximo.

Veja aqui o vídeo em que a banda goza com os rumores da sua separação, e a entrevista com Taylor Hawkins: