Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

David Bowie foi um dos grandes “vencedores” do Live Aid (e este vídeo prova-o)

A superlativa atuação dos Queen em 1985 fez correr tinta, mas David Bowie não lhe ficou atrás com um set infalível. Veja aqui

A ideia revelar-se-ia impossível de pôr em prática: David Bowie desejava interpretar "Dancing In The Street" em dueto com Mick Jagger, via satélite: o primeiro em Londres, o segundo em Filadélfia. Falamos, claro, do Live Aid - evento de beneficência que teve lugar a 13 de julho de 1985 no Estádio de Wembley, na capital inglesa, e no JFK Stadium, na cidade norte-americana - onde, sabemo-lo hoje, nada disto se passou. Entusiasmante à partida, o plano não seria viável devido ao atraso significativo da tecnologia de vídeo através de transmissão por satélite. Em vez disso, os dois músicos optaram por gravar uma versão de estúdio da canção popularizada nos anos 70 por Martha and the Vandellas.

Ausente dos palcos desde a digressão de Let's Dance, o músico inglês subiu ao palco de Wembley depois de uma atuação retumbante dos Queen, acompanhado por uma jovem banda da qual fazia parte Thomas Dolby (do sucesso de 1982 "She Blinded Me With Science").

O arranque fez-se com "TVC 15", de Station to Station, antecipando uma sequência imperial composta por "Rebel Rebel", "Modern Love" e "Heroes". Veja aqui: