Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Vevo vai deixar de ser à borla

O serviço de vídeo concorrente do YouTube irá em breve deixar de ser de acesso livre.

O Vevo, plataforma de vídeos similar ao YouTube, vai abandonar o acesso livre. À semelhança do YouTube, o Vevo proporciona acesso gratuito a todos os vídeos que disponibiliza. Uma realidade que pode mudar muito em breve. A plataforma, que é propriedade da Universal, da Sony e da Abu Dhabi Media acabou de comprar a ShowYou, empresa conhecida pelos seus sistemas de subscrição. É notória a pressão de alguns agentes da indústria, como a Universal para que os sistemas livres sejam abandonados. O Spotify tem visto muitos dos artistas recusarem a entrada dos seus novos álbuns e o próprio SoundCloud deverá apresentar brevemente um sistema de subscrição. O próprio YouTube lançou recentemente um serviço pago, o Red. Quanto ao Vevo, a questão que agora se coloca é a do preço que irá cobrar por cada visionamento ou mensalidade.