Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

U2 prestam homenagem no Bataclan às vítimas dos atentados de Paris

Bono, The Edge, Adam Clayton e Larry Mullen Jr depuseram flores junto ao lendário clube parisiense

Depois de terem cancelado os concertos de sábado e domingo na Arena de Bercy, os U2 estiveram no Bataclan ontem, onde prestaram homenagem aos 127 mortos e mais de 300 feridos que resultaram dos atentados em Paris. Menos de 24 horas depois do sucedido, e depois de uma entrevista de Bono a uma rádio irlandesa em que este declarou que os U2 não iriam deixar "que ninguém marcasse a sua agenda", os quatro elementos da banda dirigiram-se ao antigo teatro de Paris em que nas últimas horas têm sido deixadas velas e flores. O cantor da banda sublinhou igualmente o facto de estes atentados se dirigirem aos fãs de música. O Bataclan pode ser considerado o epicentro dos atentados que na sexta-feira tiveram lugar em Paris. A sala foi invadida durante um concerto dos Eagles of Death Metal e estima-se que só naquele lugar tenham morridos cerca de 90 pessoas. Entre os mortos contam-se um elemento da equipa dos Eagles of Death Metal, três funcionários da Universal Music France e uma luso-francesa, Précilia Correia, de 35 anos, que assistiam ao espectáculo. Os U2 estavam em Paris desde o início da semana, onde ainda fizeram dois concertos, na segunda-feira e terça-feira, também em Bercy. À hora dos ataques, a banda encontrava-se a ensaiar naquela mesma arena para a apresentação de sábado, que seria transmitida pelo canal de televisão HBO para os Estados Unidos da América e outros países. Ainda não foram anunciadas as novas datas dos concertos de Paris que teriam lugar este fim de semana, mas fontes próximas dos U2 estimam que possam suceder após o final desta manga da digressão, ou seja, depois dos concertos em Dublin, na Irlanda, que terminam a 28 de novembro. Na sua conta no Instagram, os U2 deixaram uma imagem de um tecido branco em que todos os quatro escreveram frases em que homenageiam as vítimas. Também os Foo Fighters, Deftones e Motörhead cancelaram concertos que teriam lugar em Paris por estes dias. Foto: Getty Images