Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Tragédia no Bataclan: Banda que abriu para os Eagles of Death Metal quebra o silêncio

Dupla austríaca While Miles diz estar "de boa saúde" mas "feliz e miserável ao mesmo tempo".

Os austríacos White Miles, dupla que abriu o trágico concerto dos Eagles of Death Metal no Bataclan, em Paris, na passada sexta-feira, quebrou finalmente o silêncio sobre o atentado, garantindo que está "de boa saúde". 

"Regressámos a casa no passado domingo", começa por dizer o duo, em comunicado, "estamos de boa saúde apesar de os acontecimentos ainda estarem muito próximos e de as impressões que ficaram serem demasiado tocantes. O Nick Alexander, elemento da nossa equipa que vendia merchandise, foi atingido e morreu. Um grande amigo nosso foi atingido mas felizmente está a recuperar. É difícil aceitar este incidente terrível". 

A dupla acrescenta ainda que está "feliz mas miserável ao mesmo tempo": "feliz porque estamos de novo com as nossas famílias, que ajudam imenso a que nos sintamos novamente em segurança; miseráveis porque sabemos que muitas famílias estão de luto depois deste fim de semana. Nem é preciso de dizer que as nossas preces estão com todas as vítimas e os seus familiares".

Os White Miles confirmam também que os concertos que iam dar com os Eagles of Death Metal - incluindo o que esteve programado para Lisboa - foram todos cancelados, explicando que o seu regresso aos palcos acontecerá a 17 de dezembro en Innsbruck, na Áustria: "vamos tocar em homenagem ao nosso amigo Nick Alexander".