Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Texto em que Steve Albini se insurge contra a música de dança transformado em anúncio

Powell, produtor britânico de techno, aproveitou uma troca de e-mails com o norte-americano para anunciar o seu novo disco.

Steve Albini é sobretudo conhecido pelo seu trabalho enquanto engenheiro de som de alguns dos discos rock mais relevantes da década de 90, tendo sido ele o "cérebro" por detrás de In Utero, dos Nirvana, construindo também uma carreira paralela enquanto guitarrista dos Shellac, banda "residente" do NOS Primavera Sound. Não tem, contudo, fama de ser simpático; agora, um e-mail seu em que se insurge contra o estado actual da música electrónica foi utilizado pelo britânico Powell e pela editora XL para promover o novo disco deste. No e-mail que Powell partilhou pode ler-se a opinião de Albini acerca da música de dança contemporânea: "Sempre odiei a música de dança mecanizada, a sua simplicidade estúpida, os clubes onde era tocada, as pessoas que iam a esses clubes, as drogas que tomavam...", refere, acrescentando ainda que "a música electrónica de que gostava era radical e diferente", dando como exemplos os Cabaret Voltaire, Kraftwerk, Suicide e DAF, entre outros. Não se pense que esta troca de e-mails surgiu do nada, contudo. Foi o próprio Powell quem contactou Albini para o indagar sobre a possibilidade de utilizar um sample de voz deste, do tempo em que era vocalista dos Big Black, numa canção que editará futuramente pela XL, ao que Albini lhe terá dito para seguir em frente. "Estás à vontade para fazer o que quiseres com o que tiveres que seja meu. Estou-me nas tintas", referiu o norte-americano. Quando Powell o questionou sobre a possibilidade de utilizar o e-mail como ferramenta promocional, a resposta foi idêntica, tendo então a XL transformado-o num outdoor colocado em Londres. A história tem sido bastante comentada nos últimos dias. Powell já veio a público dizer que não tem qualquer problema com Steve Albini ou com as suas declarações, tendo desmentido algumas notícias que davam conta de que o outdoor foi erguido para "irritar" Steve Albini: "Mandei-lhe ontem um e-mail a explicar que não era suposto [ter criado tanta celeuma], mas fi-lo porque achei piada e o adoro, e ele disse para não me preocupar", revelou. O músico acrescentou ainda: "Preferiam um anúncio com a minha cara? Teria sido lindo, é certo, mas aborrecido".