Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Teste: Será que sou um elitista musical?

Através de 15 perguntas, fique a saber se é snob ou tolerante no que aos gostos musicais diz respeito.

1. Ouço música em: a) Vinil b) CD ou cassete c) Streaming d) FLAC e) Cilindro fonográfico 2. A melhor música pop faz-se: a) Nos Estados Unidos b) No Reino Unido c) No Burundi d) Em França e) No Japão e na Coreia do Sul 3. O Record Store Day foi no sábado passado, e: a) Aproveitei para comprar a cassete dos Metallica b) Comprei tudo o que fosse edição rara para revender c) Fiquei em casa porque o Record Store Day já não é o que era d) Comprei um 12" de uma banda italiana de darkwave e) Não me interessou para nada, não compro discos 4. A música portuguesa... a) Morreu com os Santa Maria Gasolina Em Teu Ventre b) É o fado e pouco mais c) Nunca esteve melhor, devido à Lovers, à Tosse, à Gentle e à Cafetra d) Só ouço música de fora e) Bate aos pontos a estrangeira 5. Toda a gente teve uma fase pós-punk, certo? a) Não, parei no prog. Não há nada pós 1976 que interesse b) Que é isso? c) Claro, ouvi muito Interpol no primeiro disco d) Sim, as Au Pairs ainda são hoje das minhas bandas preferidas e) Certo. Exemplos: Elektricni Orgazam, Grazhdanskaya Oborona, KUKL... 6. E se alguém em quem estivesse romanticamente interessado/a tivesse mau gosto musical? a) "Mau gosto" não existe b) Ensinava-o/a a gostar de coisas boas c) Marcava um encontro com ele/ela na mesma d) Só me interesso por gente que partilha o meu gosto requintado e) Não o deixava pôr música em casa ou no carro, mas de resto tudo bem 7. Para além da BLITZ, se me quiser manter informado sobre música nova, leio: a) A Wire b) Tudo o que me apareça à frente c) O NME d) A Dica da Semana e) O Ípsilon 8. O próximo concerto a que irei vai ser: a) Roberto Carlos na MEO Arena b) O NOS Primavera Sound c) O da banda de free jazz experimental que tenho com um amigo d) Não sei, a Beyoncé vem cá este ano? e) Estou indecido entre Mono e God Is An Astronaut 9. E quando toda a gente começa a gostar da minha banda favorita? a) Que nojo b) Na boa, quantos mais melhor c) Nunca irá acontecer, a minha banda favorita é o projeto acústico de um pescador em Tuvalu d) Crio um grupo de discussão sobre a banda no Facebook e) Já gostam, a minha banda favorita são os Xutos 10. Quando ouço na rádio um daqueles hits manhosos de verão: a) Mudo de estação b) Aumento o volume e começo a dançar c) Deixo ficar à espera que dê outra coisa mais interessante d) Lol, insinuar que ouço rádio em 2015 e) "Manhoso"? É melhor que 90% das coisas que ouves 11. Até agora o disco do ano é: a) Panda Bear b) Father John Misty ex aequo com Sufjan Stevens c) Madonna d) Magma e) Aires & Rui P. Andrade 12. Os DJs: a) Estão a matar a música eletrónica e a experiência de concerto b) São essenciais para uma noite bem passada a dar tudo c) Só gosto dos Gin Party Soundsystem d) São gajos que só mexem em botões e em nada contribuem para a música e) São também bons músicos, tipo o DJ Shadow 13. A música erudita também merece ser destacada, nomeadamente: a) Erudito, tipo, Led Zeppelin? b) Algumas sinfonias do Mahler, Rimsky-Korsakov, Prokofiev, por aí c) Beethoven e Mozart d) Música erudita é coisa de velhos e) A 4'33 do John Cage, a melhor canção do mundo 14. Os grandes festivais de verão são uma oportunidade para: a) Ver ao vivo os grandes nomes da pop b) Ver aquelas bandas que começam a criar burburinho c) Beber uns copos ao sol d) As grandes empresas capitalistas, pá. Só vou a concertos punk DIY e) Depende dos festivais, não se pode comparar um Milhões a um Rock in Rio 15. O ponto mais alto da minha vida de melómano foi: a) Comprar o Mutantes S.21 com a BD b) Comprar uma primeira edição do Histoire de Melody Nelson c) Ver os My Bloody Valentine num autódromo no Algarve d) Ter tido dinheiro para ir ao Rock In Rio e) Sacar um disco de Merzbow do Soulseek Pontuação

Resultados Entre 0 e 15 pontos: Qual elitismo, qual quê. A música quer-se democrática, de e para o povo. Se o povo quer pop de estádio, é porque a pop de estádio é que rende e o resto é conversa. Entre 16 e 30 pontos: Gostos não se discutem, não é? Qual é o mal de num minuto estar a ouvir uma rockalhada mais alternativa e no seguinte estar a abanar o corpo com uma malha da Beyoncé? Entre 31 e 45 pontos: Não é elitismo, é ecletismo. Aprendam a diferença. Afinal de contas, só a ouvir de tudo é que se pode formar uma opinião generalizada sobre a música. Entre 46 e 60 pontos: Sim, sou elitista, e ai de quem se atrever sequer a tocar na minha bootleg importada dos Henry Cow em 1971. Aquilo é que era música a sério, pá. Foto: Christopher Michel (sob licença Creative Commons)