Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Super Bock Super Rock: PZ veste pijama e serve croquetes

Artista nortenho traz versão irónica do hip-hop para o mais intimista dos palcos da presente edição do Super Bock Super Rock. E o público gosta.

PZ
1 / 8

PZ

PZ
2 / 8

PZ

PZ
3 / 8

PZ

PZ
4 / 8

PZ

PZ
5 / 8

PZ

PZ
6 / 8

PZ

PZ
7 / 8

PZ

PZ
8 / 8

PZ

"Mundo" soa a partir do palco Antena 3, pulsar de caixa de ritmos clássica, com PZ de pijama ladeado por dois cúmplices igualmente em trajes de noite quando a luz do sol ainda não fugiu completamente para lá do rio. E o que serve este moço da nortenha Meifumado? "Croquetes", mais material do álbum inaugural Rude Sofisticado. E parece, julgando pelo vigor com que a económica plateia vai repetindo "croquetes", que há público para esta versão irónica/caseira/esquinada do hip hop temperada com pozinhos de pop electrónica da colheita mais remota dos anos 80. "Sem Ponta Por Onde Se Pegue", mais um tema do primordial Rude Sofisticado, é apresentado como um "malhão malhão". E de facto o tema popular é citado, sem desprimor da base de discoteca da era áurea dos Bomb The Bass que lhe serve de base. Não acreditem em PZ quando ele diz que não tem "ponta por onde se lhe pegue". Há por aqui mais sumo do que a eventual aparência de "novelty" de "Cara de Chewbacca" pode dar a entender... E a pedido de pelo menos uma família de fãs, os samples alinhados por dB lá se fazem sentir e entra o tema em que PZ diz ter-se apaixonado por uma tipa com cara de estrela de cinema. São só algumas centenas de pessoas que se alinham entre as escadas que conduzem à Meo Arena e a frente do palco Antena 3, mas estas parecem estar aqui sabendo ao que vêm. E dialogam com o artista demonstrando uma familiaridade própria de quem é fã: "a local stage for local people". Viva a diversidade! E PZ lá garante a esta populaça: "tu és a minha gaja". Ninguém duvida. Rui Miguel Abreu Fotos de: Rita Carmo/Espanta Espíritos