Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Stone Temple Pilots e Velvet Revolver homenageiam Scott Weiland

Antigos companheiros de banda do cantor desaparecido na semana passada escrevem comunicados sobre Weiland. "O teu dom foi a tua maldição", consideram os Stone Temple Pilots.

Os músicos dos Stone Temple Pilots e Velvet Revolver, as maiores bandas em que Scott Weiland militou, escreveram comunicados sobre a morte do cantor, na semana passada. Weiland tinha 48 anos e foi encontrado sem vida na camioneta de digressão dos Wildabouts, bandas da qual fazia, agora, parte. O norte-americano terá morrido durante o sono, vítima de paragem cardíaca. "Deixa-nos começar por agradecer por teres partilhado a tua vida connosco", escreveram os seus antigos companheiros nos Stone Temple Pilots. "Juntos criámos um legado de música que deu a tantas pessoas felicidade e grandes recordações".

"As memórias são muitas, e profundas. Conhecemos as lutas que travaste, vez após vez. Foram elas que fizeram de ti aquilo que eras. Tinhas um dom além do que as palavras podem explicar, Scott. Parte desse teu dom era parte da tua maldição".

Dean e Robert DeLeo e Eric Kretz despedem-se então "com grande mágoa, por ti e pela tua família": "Vamos sentir a tua falta, irmão". Entretanto, também os antigos parceiros de Scott Weiland nos Velvet Revolver lançaram um comunicado sobre a morte do seu ex-vocalista. Slash, Duff McKagan, Matt Sorum e Dave Kushner usaram o Facebook de McKagan para escrever: "Estamos muitíssimo tristes com a perda do nosso velho amigo e companheiro de banda. Vivemos um bom pedaço de vida com ele e, mesmo nos seus tempos mais negros, todos tínhamos esperança e amor por ele. A sua arte sobreviverá, sem dúvida".