Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Steve Aoki processado por partir o pescoço a uma fã durante concerto

O DJ e produtor norte-americano saltou do palco para dentro de um barco insuflável segurado por fãs e lesionou acidentalmente Birttany Hickman, que estava por baixo do barco.

Steve Aoki vai ser processado por um acidente que aconteceu numa das suas atuações há quase três anos em San Diego. O DJ e produtor norte-americano partiu o pescoço acidentalmente a Brittany Hickman, uma fã que se encontrava nas primeiras filas. 

O acidente aconteceu, na atuação no Hard Rock Hotel, quando Aoki saltou do palco para um barco insuflável segurado pelos fãs, algo que costuma fazer com frequência. "Fiquei presa por baixo do barco porque eles atiraram-no exatamente para onde eu estava", disse Brittany à ABC, "os meus amigos dizem-me que ele, ao atirar-se para cima do barco, me bateu na cabeça e eu desmaiei". Um segurança ajudou-a a sair do meio da multidão e ela só voltou a si quando alguém lhe pôs uma ligadura no tornozelo: "eles mandaram-me de volta ao concerto. Só quando saí, percebi onde estava".

Depois de voltar a casa, Brittany foi ao hospital porque não se sentia bem e o médico disse-lhe para ela não se mexer: "vieram outros médicos e colocaram-me um colar cervical (...) o médico disse-me que tinha partido o pescoço e que se tivesse levantado os braços ou tentado apanhar alguma coisa podia ter ficado paralisada".  

Hickman ficou no hospital durante três dias e não pôde trabalhar durante dois meses, estando agora a processar Steve Aoki mas também o Hard Rock Hotel de San Diego. O caso vai chegar ao tribunal no dia 28 de agosto, pouco depois de o DJ atuar no festival MEO Sudoeste (9 de agosto). Veja abaixo o vídeo do momento em que Aoki salta para a multidão.