Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Sinéad O'Connor escreve carta de suicídio no Facebook

A cantora, que se diz abandonada pela família, tentou ontem suicidar-se com uma overdose.

Sinéad O'Connor tentou ontem suicidar-se, num hotel, através de uma overdose. A cantora havia publicado uma longa missiva na sua página do Facebook onde se dizia abandonada pela família. Na mesma, Sinéad denuncia Frank Bonadio e Donal Lunny, os pais dos seus filhos, acusando-os de não a deixar ter acesso aos mesmos após a histerectomia a que foi sujeita, em agosto, e que a terá deixado psicologicamente de rastos. "As duas últimas noites acabaram comigo. Tomei uma overdose. Não há outra forma de obter respeito. Não estou em casa, estou num hotel, algures na Irlanda, e sob outro nome (...) Porque, aparentemente, sou escumalha e mereço ser abandonada e tratada como lixo quando me acabam de cortar o útero e os ovários e a minha criança está doente", pode ler-se na publicação. "A minha família não me valoriza de todo. Não me saberiam morta até daqui a semanas se eu não os estivesse a informar neste momento. Parabéns, pessoal, livraram-se de mim", prossegue O'Connor. De acordo com um representante da cantora, Sinéad está neste momento a receber tratamento médico, após ter sido localizada. Foto: Getty Images