Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Shirley Manson, dos Garbage, sobre atentados: 'Devemos escolher a vida e não o medo'

A vocalista da banda escocesa fez um discurso sobre os atentados de Paris, nos quais alguns membros da equipa dos Garbage perderam amigos. Veja o vídeo.

Shirley Manson, vocalista dos Garbage, fez um discurso sobre os atentados que causaram a morte de cerca de 130 pessoas, na passada sexta-feira, em Paris. Num concerto na sua cidade natal de Edimburgo, a cantora escocesa começou por agradecer o apoio duradouro dos seus fãs, antes de comentar a tragédia de 13 de novembro. "Estamos completamente arrasados. Enquanto seres humanos, como todos nós, e como músicos, por sabermos que o concerto dos nossos amigos Eagles of Death Metal foi invadido por terroristas, e que o seu público foi alvejado". "Há pessoas na nossa equipa que perderam amigos nesta atrocidade e queremos assinalar esta ocasião. Parece fácil deixar o terrorismo entrar nas nossas vidas e mudá-las. Parece a resposta mais óbvia: escondermo-nos em casa, e ter medo, mas isso é exatamente o que estas pessoas querem de nós: criar terror e caos e ódio e incompreensão e suspeitas. A melhor coisa que podemos fazer é lutar contra isso", acredita Shirley Manson. "E devemos ser optimistas, bondosos, tolerantes, educados, saber perdoar: é o meu desejo para todos aqui, esta noite. Quero que escolhamos a vida em vez do medo, que nos revoltemos contra o medo. Que rezemos pelos que perderam a vida e por todos os que vão sofrer as consequências horríveis das ações destas pessoas que, não nos esqueçamos, são loucas, que não têm nada a ver com os 1.5 mil milhões de muçulmanos e querem a paz, sentindo o mesmo que nós. Temos de nos unir pela paz", concluiu, antes de prosseguir com o concerto.