Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

'Se tivesse conhecido a guitarra portuguesa mais cedo, tê-la-ia tocado em discos dos Led Zeppelin', revela o guitarrista Jimmy P

Confissões do veterano músico inglês à BLITZ, que este mês traz os Led Zeppelin à capa.

A reboque da última fase do plano de reedições da discografia integral dos Led Zeppelin, Lia Pereira, jornalista da BLITZ, e Zé Pedro, guitarrista dos Xutos & Pontapés, foram a Londres falar com Jimmy Page, o "curador" oficial da histórica banda inglesa. Minutos antes da hora acordada para a entrevista, que tem honras de capa da BLITZ deste mês (já nas bancas), Page confidenciou a Zé Pedro algo que de que já nos falara no ano passado, aquando da primeira ida da BLITZ aos Olympic Studios, onde o guitarrista apresentou a campanha de reedições dos Led Zeppelin e nos deu a primeira entrevista: chegou a comprar uma guitarra portuguesa, mas perdeu o manual que explicava a afinação. Perante a confissão de Zé Pedro, de não saber tocar o instrumento, Page relativizou: "Para mim não seria muito complicado! Se pensares em coisas como as que eu fiz no terceiro álbum... a 'That's the way', por exemplo, onde uso um dulcimer", exemplifica. "Eu descobri a guitarra portuguesa bem tarde! Se a tivesse conhecido na altura dos Led Zeppelin, sem dúvida que a teria tocado nos discos. A música que se faz com ela não é heavy metal estridente, mas são cordas na mesma!", brincou, entre risos. Presence, In Through the Out Door e Coda, os últimos três álbuns dos Led Zeppelin, conheceram reedição na passada sexta-feira. Os Led Zeppelin são capa da BLITZ de agosto, nas bancas pelo preço de 3,90 euros. Inclui, grátis, um de três CDs (Silence 4, PAUS ou UHF) e a BLITZ FEST, a revista dos festivais de verão.