Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Radialista processa Taylor Swift depois de ela o acusar de assédio

A artista acusou o animador de lhe levantar a saia e tocar no rabo, há dois anos, o que levou ao seu despedimento.

Um animador de rádio norte-americano processou Taylor Swift depois de esta o ter acusado de lhe ter tocado de forma imprópria. O incidente aconteceu há dois anos em Denver, no Colorado, antes de um concerto da cantora, e David Mueller foi posteriormente despedido.

O radialista alega que foi falsamente acusado de "levantar a saia de Swift com a mão e tocar no seu rabo" e diz que apenas apertou a mão da artista depois de ter tirado uma fotografia com ela na companhia da namorada. Depois, terá sido abordado por guarda-costas de Swift e expulso do local.

Agora, Mueller, que trabalhou durante 20 anos na KYGO-FM exige um julgamento com júri.