Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Primavera Sound Barcelona: Belle and Sebastian e a razão da popularidade dos escoceses

Richard Colburn, baterista dos Belle and Sebastian, falou à BLITZ sobre as razões que levam meio mundo a simpatizar com os escoceses

Em defesa de Girls in Peacetime Want To Dance, o seu primeiro álbum de originais em cinco anos, os Belle and Sebastian atuaram ontem no palco ATP, cuja plateia volumosa celebrou a pop literata e ao mesmo tempo jovial, soalheira, do grupo de Glasgow.

Horas antes, o baterista Richard Colburn recebeu-nos na área de imprensa, falando precisamente sobre este regresso aos discos que, garante-nos, está a receber os favores dos fãs, mesmo que, inicialmente, muitos tenham torcido o nariz ao dançante primeiro single, "Party Line". "Consigo perceber que as pessoas tenham estranhado", reconhece o simpático músico, "mas depois, no contexto, compreenderam a canção". Depois de "Nobody's Empire", que abriu o concerto no ATP, e "I'm a Cuckoo", foi precisamente "Party Line" a soltar o pé de dança de muitos festivaleiros, ao início da noite de sexta. Para Richard Colburn, regressar aos discos não foi complicado para os Belle ande Sebastian, pois a química que une os elementos da banda é de tal forma forte que, mesmo que não estejam juntos durante algum tempo, o simples facto de se reunirem "reativa" todas as memórias. Revelando que todos os Belle and Sebastian ainda vivem em Glasgow, o baterista respondeu com humor à nossa pergunta: porque é que toda a gente gosta tanto dos escoceses? "É uma boa pergunta! Se calhar é por estarmos bêbedos metade do tempo. E temos orgulho no nosso país. Gostamos da Escócia e gostamos de mostrá-la a quem nos visita. Acima de tudo, divertimo-nos muito!". O sotaque ajudará a esta popularidade? "Só para quem o percebe!", riu, novamente, Richard Colburn, que comentou ainda o recente referendo pela independência da Escócia e a ascensão, nas eleições nacionais, do partido escocês. Leia mais sobre esta entrevista muito em breve.