Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Português que desapareceu depois de ir a festival inglês foi encontrado morto

Diogo Moreira, jovem natural de Espinho, era procurado pelas autoridades inglesas e por vários amigos e familiares há dias.

Diogo Moreira, o português que era procurado em Inglaterra há vários dias, foi encontrado sem vida ontem, dia 22 de julho, confirmou a sua família. O corpo do estudante de 29 anos, que trabalhava num café em Brighton, foi encontrado perto da estação de comboios e na base de uma ravina, num estado que não permitiu a sua identificação imediata. Diogo Moreira estava desaparecido desde o passado dia 14 de julho, altura em que saiu da casa de um amigo, deixando a carteira e demais pertences para trás. Segundo o seu chefe no café, Joseph Ashwin, Diogo Moreira terá tido um ataque de pânico, após regressar de um festival de música eletrónica, o Noisily, na cidade de Leicester, a cerca de 250 quilómetros de Brighton. Foi na sequência deste ataque de pânico que o português desapareceu sem deixar quaisquer pistas sobre o seu paradeiro. Nascido em 1985, Diogo Moreira emigrara para o Reino Unido há cerca de oito anos. Recentemente, acabara o primeiro ano do curso de Ciências Ambientais e Geologia, na Universidade de Brighton. No Facebook, a família do jovem agradeceu "a todos pelo seu esforço na sua procura. Diogo era conhecido e estimado por todos. Uma marcha em sua homenagem será organizada na próxima semana para celebrar a vida desta pessoa maravilhosa".