Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Político russo diz que disco dos U2 é "propaganda gay"

Deputado de extrema-direita pediu uma investigação à Apple devido à capa de Songs of Innocence.

Alexander Starovoitov, deputado pelo Partido Liberal Democrata da Rússia, de extrema-direita, pediu ao procurador-geral desse país que investigue a Apple por distribuir "propaganda gay" a menores. Em causa está o disco que os U2 lançaram gratuitamente no iTunes, a loja digital da empresa, Songs Of Innocence.

De acordo com o deputado, a capa do álbum - que mostra o baterista Larry Muller Jr. abraçando o seu filho Elvis, estando ambos seminus - promove o sexo entre homens. Um advogado russo, Evgeny Tonky, já comentou igualmente que pretende processar a Apple por "danos morais".

Recorde-se que a Rússia se tornou, nos últimos anos, um país com leis pouco permissivas em matéria de direitos LGBT. Caso a Apple seja condenada, poderá ser forçada a cessar operações na Rússia durante 90 dias ou a pagar uma multa de um milhão de rublos, cerca de 18 mil euros. O álbum foi inicialmente editado digitalmente com uma capa diferente; a que está a causar polémica na Rússia foi a utilizada para as edições físicas de Songs Of Innocence.

PAC