Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Placebo aderem (finalmente) ao streaming

Banda assinala 20 anos de carreira disponibilizando a sua música no Spotify.

Os Placebo, que cumprem este ano vinte anos de carreira - o primeiro single, "Bruise Pristine", foi editado em 1995 -, disponibilizaram finalmente todo o seu catálogo para streaming, em jeito de celebração da efeméride. Álbuns como Placebo, Black Market Music e Sleeping With Ghosts podem, desta forma, ser escutados através de plataformas como o Spotify. O vocalista e guitarrista Brian Molko explicou a decisão: "Tínhamos andado a resistir [à ideia], mas decidimos experimentar. Acho que há ainda muito a fazer no que toca à remuneração [dos artistas], mas por outro lado, será que queres permanecer um ludita e dizer às pessoas como devem ouvir a tua música?" O músico admitiu, ainda, estar preocupado com a qualidade de som de alguns sites. "Independentemente do que digam, o [formato] mp3 não serve. Corta frequências altas e baixas, sob a ideia de que o ouvido humano não as capta. Mas o corpo sente essas notas, e ouvir música é uma experiência física", disse. Molko falou ainda do que significa, numa banda como os Placebo, alcançar os 20 anos de carreira. "Sinto-me bastante feliz por estar nesta posição mesmo passados 20 anos, por continuar a ter uma audiência que se preocupa e vai aos concertos e que se mantém interessada no que andamos a fazer", afirmou. Os Placebo atuaram nos Coliseus de Lisboa e do Porto, em novembro passado, na digressão de Loud Like Love, o seu mais recente trabalho.