Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Phil Rudd, ex-baterista dos AC/DC, novamente detido

O músico terá estado a beber álcool em casa, alegadamente na companhia de prostitutas.

Phil Rudd, ex-baterista dos AC/DC, foi detido novamente, por desrespeitar as condições da prisão domiciliária a que foi condenado, por ameçar matar um funcionário seu. Entretanto, o músico já foi libertado, depois de pagar a fiança. Segundo o advogado de Phil Rudd, o neozelandês foi detido por beber álcool em casa, o que vai contra as regras da prisão domiciliária. O jornal New Zealand Herald acrescenta que, na casa do baterista, estariam também prostitutas. Phil Rudd deverá agora comparecer novamente em tribunal a 3 de agosto.

No passado mês de julho, o sexagenário foi condenado a oito meses de prisão domiciliária por ameaçar matar um funcionário seu e por posse de droga.

No julgamento, o juiz fez saber que Rudd cumpriria pena de prisão caso quebrasse as condições da prisão domiciliária, ingerindo qualquer tipo de droga sem receita médica. "Não sou o diretor da escola, nem o seu pai - sou um juiz", disse Thomas Ingram. Rudd ficou assim sujeito a testes de alcoolemia e drogas, para poder continuar em prisão domiciliária. Getty Images