Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Pai do vocalista dos Gwar acusa colegas do filho de roubarem as suas cinzas

A banda norte-americana está a ser processada pelo pai do anterior vocalista.

A banda norte-americana GWAR está a ser processada pelo pai do anterior vocalista, Dave Brockie, falecido em 2014 após ter sofrido uma overdose de heroína. Os músicos são acusados de terem roubado as cinzas do antigo companheiro. William Brockie, pai do músico - que atuava com o nome Oderus Urungus - procura assim obter uma indemnização de um milhão de dólares por danos, para além de recuperar os restos mortais do filho. No processo, Brockie acusa ainda os restantes membros dos GWAR de "tentarem capitalizar a morte de Dave", através de merchandising colocado à venda. A banda já reagiu, tendo dito em comunicado que as acusações de que é alvo são falsas. Os GWAR, grupo norte-americano ligado ao heavy metal, já contam com mais de 30 anos de carreira, sendo sobretudo conhecidos pelas máscaras que utilizam em palco. O seu último disco, Battle Maximus, data de 2013. PAC