Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Os Tubarões, lendas da música de Cabo Verde, regressam aos palcos em 2016

Mário Bettencourt, conhecido por 'Russo', confirmou à BLITZ em primeira mão que o grupo de Djonsinho Cabral estará a preparar o regresso no ano que vem.

Os Tubarões estão a preparar o regresso em 2016, depois da recente apresentação perante um esgotado cinema São Jorge, em Lisboa, no âmbito do festival Rotas & Rituais, este ano foi dedicado ao festejo das quatro décadas da independência das ex-colónias africanas. Assim o garantiu Mário Bettencourt (ou 'Russo') à reportagem BLITZ em Loulé, onde o guitarrista dos Tubarões esteve este fim de semana na condição de empresário de espectáculos, acompanhando os Ferro Gaita no festival algarvio. O grupo, que tinha no malogrado Ildo Lobo a sua figura dianteira e que esteve ativo entre 1976 e 1994, deverá fazer em 2016 o circuito de alguns festivais de Verão portugueses. "Tudo aponta nesse sentido", declarou o músico e empresário. Depois da imposição das mornas, das coladeras e até do batuque, géneros típicos de Cabo Verde que ganharam espaço no circuito internacional da denominada world music, o funaná poderá ser o género seguinte a ganhar mais exposição, para isso contribuindo não apenas o regresso dos Tubarões e a carreira fulgurante dos Ferro Gaita, mas também a preparação de algumas compilações internacionais, nomeadamente no catálogo da prestigiada editora alemã Analog Africa em cujo catálogo já se inscreveram dois volumes dedicados à terra do semba, Angola Soundtrack.