Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Nicki Minaj ataca "os media brancos" e provoca resposta de Taylor Swift

A propósito das nomeações para os Video Music Awards, da MTV, Nicki Minaj considera que teria tido mais nomeações se tivesse outro tipo de corpo e de cor.

Nicki Minaj publicou uma série de mensagens no Twitter às quais Taylor Swift respondeu, ainda que a rapper garanta que os "recados" não eram para a cantora. A troca de galhardetes começou depois de serem conhecidas as nomeações para os VMA da MTV; Nicki Minaj foi nomeada para Melhor Vídeo Feminino e Melhor Vídeo Hip-Hop por "Anaconda" e Melhor Colaboração por "Bang Bang", mas acredita que o vídeo de "Feeling Myself" também devia ter sido nomeado. "Obrigada pelas nomeações, MTV", escreveu no Twitter. "Mas a 'Feeling Myself' falhou o prazo ou quê? E se eu fosse um 'tipo' diferente de artista, a 'Anaconda' também seria nomeada para melhor coreografia e vídeo do ano".

"Quando as 'outras' raparigas lançam um vídeo que bate recordes e causa um impacto na cultura, são nomeadas", escreveu ainda, especificando: "Os vídeos que celebram as raparigas muito magras é que são nomeados para vídeo do ano". Depois de referir a questão do tipo de corpo, Nicki Minaj acrescentou: "Estou só cansada. As mulheres negras influenciam tanto a cultura pop, mas são muito pouco recompensadas por isso". Ainda que Minaj nunca tenha escrito o nome de qualquer das suas 'adversárias' Taylor Swift parece ter levado a peito as acusações, respondendo, também no Twitter: "Sempre gostei de ti e sempre te apoiei. Nem parece teu, pôr as mulheres umas contra as outras", dizendo ainda: "Se eu ganhar, sobe comigo ao palco! Estás sempre convidada para subires a qualquer palco em que eu esteja". Na resposta, Nicki Minaj mostrou-se surpreendida com a reação de Swift: "Não deves estar a ler os meus tweets. Não estava a falar de ti. Continuo a adorar-te. Mas devias falar sobre isto". A artista lamentou ainda "as táticas dos media branco" e o facto de "a Taylor Swift ter tirado a sua música do Spotify e ter sido aplaudida e nós termos lançado o Tidal e termos sido arrasados".