Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Muse trazem 'Drones' hoje no NOS Alive, mas ainda se lembra dos álbuns antigos?

Uma vista aérea dos seis álbuns anteriores do trio inglês. De Showbiz a The 2nd Law.

SHOWBIZ (1999) À Radiohead O álbum de estreia dos Muse acaba por pecar pela sua indefinição. Nesta altura, o trio ainda se encontrava à procura de uma sonoridade própria, que aqui estava demasiado colada aos Radiohead, o que lhes valeu algumas críticas. Este é o disco de duas das suas canções mais populares: "Sunburn" e "Showbiz".

ORIGIN OF SYMMETRY (2001) Barulho, muito Foi com o seu segundo álbum que os Muse começaram a conquistar as boas graças do público. Canções movidas a fuzz, a meio caminho entre o prog mais elaborado e a atitude minimal do punk, das quais se destacam verdadeiros clássicos: "Plug In Baby", claro, mas também a versão que assinaram para "Feeling Good".

ABSOLUTION (2003) À procura da salvação Mantendo a toada do registo anterior, Absolution é o disco em que os Muse começam a explorar o seu lado mais negro, abordando temáticas como o medo e a desconfiança num contexto apocalíptico, mas sempre em busca de uma salvação. Destacase a épica "Butterflies And Hurricanes".

BLACK HOLES AND REVELATIONS (2006) Delírios prog Os Muse nunca disseram que não aos excessos do rock progressivo, mas é no seu quarto disco que se entregam a ele de corpo e alma, por entre uma emergente e pesada carga política. Os sintetizadores ocupam aqui uma larga fatia do espaço, mas é o solo fabuloso de "Knights Of Cydonia" que continua a espantar.

THE RESISTANCE (2009) Faça-você-mesmo The Resistance marca a primeira vez que os Muse optaram pela produção e o resultado é uma fusão entre o rock sinfónico que entretanto aperfeiçoaram e alguns pós eletrónicos, num registo cujo propósito tanto é fazer dançar como pensar. O ritmo galopante de "Uprising" fez mexer muitos pés.

THE 2ND LAW (2012) Mandar a pista abaixo ... e se o anterior disco já continha alguns elementos da música de dança, em The 2nd Law são notórios, com Skrillex apontado como uma das influências. O dubstep de "Madness" e o disco-funk de "Panic Station" podem ter alienado alguns fãs da velha escola, mas dos Muse nunca se disse serem previsíveis. PC Originalmente publicado na BLITZ de junho de 2015