Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Mumford & Sons criaram novas canções na garagem dos National

Banda britânica diz que sessões de composição com Aaron Dessner ajudaram a dar uma "identidade" ao sucessor de Babel.

Os Mumford & Sons gravaram o novo álbum, Wilder Mind, em Londres, mas algumas das canções foram compostas com a ajuda de Aaron Dessner na garagem onde está montado o estúdio dos National, em Brooklyn, Nova Iorque.  

Ben Lovett, elemento fundador dos Mumford & Sons, disse agora ao NME que foram essas sessões com o músico da banda norte-americana que deram "identidade" ao disco. Recorde-se que o grupo anunciou recentemente que as novas canções não vão contar com o banjo, instrumento utilizado nos registos anteriores e que se tornou imagem de marca. 

"Somos fãs dos National há muito tempo", disse Lovett, "todos nós, individualmente, temos uma ligação muito pessoal à música deles. Depois de conhecermos o Aaron, ele disse: 'venham à minha garagem em Brooklyn para fazermos música juntos'. Foi tudo bastante inocente". 

As canções foram depois produzidas em Londres por James Ford, dos Simian Mobile Disco e colaborador dos Arctic Monkeys e Florence + The Machine, com quem os Mumford nunca tinham trabalhado. "Não nos fechámos. Estávamos uma semana aqui e outra lá. No total foram umas cinco semanas, mas foi tudo muito disperso...", explica o músico.  

"A dada altura percebemos o que o disco ia ser. Encontrámos uma identidade", acrescenta, "algumas canções afirmaram-se e tornaram-se mais do que temas dos quais simplesmente gostávamos. É uma panóplia de sons e tipos de escrita de canções diferentes". 

O sucessor de Babel (2012) tem edição marcada para o dia 4 de maio e será apresentado ao vivo em Portugal no NOS Alive'15 a 10 de julho.