Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Morreu Clarence Clemons, saxofonista de Bruce Springsteen

O músico tinha 69 anos e sofrera, há poucos dias, um enfarte. Leia a despedida de Bruce Springsteen.

Morreu ontem (18 de junho) o norte-americano Clarence Clemons, o saxofonista da E Street Band, de Bruce Springsteen. O músico tinha 69 anos e, há poucos dias, havia sofrido um enfarte. O seu estado foi de imediato considerado "muito grave", depois do acidente cardiovascular. Bruce Springsteen já enviou à imprensa um comunicado sobre a morte do companheiro de banda, cuja alcunha era The Big Man. "O Clarence viveu uma vida maravilhosa. Transportava consigo um amor pelas pessoas que fazia com que as pessoas o adorassem. Criou uma família numerosa e espantosa. Adorava o seu saxofone, os nossos fãs e, todas as noites que subia a palco, dava tudo o que tinha. A sua perda é incomensurável; sentimo-nos muito honrados e gratos por tê-lo conhecido e ficado ao seu lado durante 40 anos". "Era o meu grande amigo, o meu companheiro e, com ele a meu lado, eu e a minha banda conseguíamos contar uma música muito mais profunda do que aquela da nossa música. A sua vida, a sua memória e o seu amor vão sobreviver, nessa história e na nossa banda". Em 1985, Clarence Clemons teve um êxito a solo com "You're a Friend of Mine", com Jackson Browne. Recentemente, participara no disco novo de Lady Gaga, Born This Way.
Nascido no estado da Virginia em 1942, Clarence Clemons, filho de um pescador, começou a tocar saxofone aos 9 anos. Foi depois de se mudar para New Jersey que conheceu Bruce Springsteen, em 1971. O "Boss" costumava contar, em concertos, como Clemons entrara no bar numa noite de tempestade e começara a "jammar" com ele. Clemons ingressou na banda e tornou-se uma peça indispensável dos concertos de quatro horas que a E Street Band dava nos anos 70 e 80. Populares são os seus solos em "Born To Run", "Badlands" ou "Jungleland".
O músico também trabalhou como ator, participando no filme New York, New York de Martin Scorsese (1977) e nas séries Os Simpsons e The Wire. Clarence Clemons era cego de uma vista. Casou cinco vezes e deixa quatro filhos, Clarence III, Charles, Christopher e Jarod.