Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Médicos confirmam: Scott Weiland morreu de "overdose acidental"

O músico dos Stone Temple Pilots e Velvet Revolver misturou cocaína com etanol e MDMA.

Exames médicos já confirmaram a causa da morte de Scott Weiland: uma "overdose acidental de cocaína, etanol e MDMA". O antigo vocalista dos Stone Temple Pilots e Velvet Revolver foi encontrado morto no autocarro de digressão a 3 de dezembro. 

No relatório divulgado pelo Hennepin County Medical Examiner diz-se ainda que contribuíram para a morte do músico os seus problemas de saúde: "doença aterosclerótica cardiovascular, história de asma e dependência de múltiplas substâncias". 

Era conhecida a longa batalha de Weiland contra a dependência de drogas e álcool, mas a viúva, Jamie Wachtel diz que o músico estava limpo há algum tempo. O relatório toxicológico só ficará pronto dentro de um ou dois meses portanto não está ainda claro se Weiland tinha consumido drogas recentemente. 

Recorde-se que a polícia encontrou dois sacos de cocaína e uma série de drogas legais - sedativos, ansiolíticos, antipsicóticos e Viagra - no autocarro de Weiland. Tommy Black, elemento da banda que acompanhava Weiland, os Wildabouts, foi entretanto detido e acusado de posse de droga depois de a polícia o apanhar com uma pequena dose de cocaína.

Foto: Getty Images