Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Material roubado a Patti Smith há quase 40 anos é devolvido à artista

Smith não conseguiu travar as lágrimas durante uma apresentação do seu novo livro.

Patti Smith voltou a ter em mãos alguns objetos que lhe haviam sido roubados durante um espetáculo ao vivo em 1979, no estado norte-americano do Illinois. Os mesmos foram-lhe devolvidos durante uma apresentação ao vivo de M Train, o mais recente livro da artista. Entre o material roubado contava-se uma t-shirt que Smith usou numa capa da Rolling Stone de 1978, uma t-shirt de Keith Richards, e roupa que lhe havia sido oferecida pelo falecido irmão. Ao ver-se de novo na posse destes objetos, de grande valor sentimental para a cantora, Smith não conseguiu esconder as lágrimas. Emocionada, agradeceu a sua devolução e cantou uma versão de "Because The Night", com o seu filho a tocar guitarra acústica. O material foi-lhe devolvido por Noreen Bender, fã da cantora, que os descobriu através de um amigo do seu colega de quarto há décadas atrás. Segundo Bender, o amigo em questão trabalhava numa empresa de mudanças, onde se terá deparado com as roupas pertencentes a Smith, não se sabendo ao certo como lá terão ido parar. "Só pensei: 'Meu Deus, estas são as roupas dela, e ainda têm o suor dela'", revelou Noreen. A artista, recorde-se, deu este ano dois espetáculos em Portugal, no NOS Primavera Sound e no Coliseu dos Recreios, em Lisboa. No passado sábado, o município de Boston declarou o dia 10 de outubro como o Dia de Patti Smith.