Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Manel Cruz: 'Voltar a tocar com Ornatos foi mais fácil do que podia imaginar e talvez a coisa mais difícil que já fiz'

Um dos entrevistados da BLITZ de junho, Manel Cruz fala sobre o concerto que irá dar no Nos Primavera Sound, no próximo sábado, e sobre outros aspetos da sua carreira.

Manel Cruz, o músico de Ornatos Violeta, Pluto, Supernada e Foge Foge Bandido, apresenta-se no próximo sábado, 6 de junho, no Nos Primavera Sound, no Porto, onde irá dar um espetáculo "atípico", intitulado Estação de Serviço. À BLITZ de junho, já nas bancas (capa: Muse), o artista da Invicta levanta um pouco o véu sobre o concerto que irá apresentar no Parque da Cidade e comenta outros aspetos do seu percurso até ao momento. "Pensei pegar nalgumas coisas minhas e de algumas bandas em que toquei - Bandido, Pluto, Supernada, de Ornatos por acaso ainda não pegámos em nenhuma - e nalgumas coisas novas e tocar essas canções com uma formação muito simples. Só vai ter banjo, baixo, guitarra acústica e bateria. Será um pouco uma retrospetiva de passado e de futuro, já que também tenho músicas novas. Daí o nome de Estação de Serviço: [remete] para estar na estrada, a ver para trás e para a frente", diz Manel Cruz sobre o concerto do próximo sábado. Sobre a reunião dos Ornatos Violeta em 2012, para concertos nos coliseus de Lisboa, Porto e Ponta Delgada e em Paredes de Coura, recorda Manel Cruz: "Foi uma coisa que, às vezes, até parece meio irreal. Parece que foi um sonho. Primeiro, aquele ano foi todo dedicado àquilo, ou seja, não tenho grandes referências de outras coisas desse ano. Parece que foi uma bolha no meio do tempo. E, por isso, ganha um pouco essa atmosfera de sonho. E correu súper bem. Foi mais fácil do que eu podia alguma vez imaginar e talvez a coisa mais difícil que eu já fiz. E às vezes parece que não aconteceu. É muito fixe ter acontecido".

Uma entrevista de cinco páginas, para ler na BLITZ de junho, já nas bancas Para ler a entrevista com Manel Cruz, consulte a BLITZ de junho, já nas bancas.